02/04/2009

A Lenda dos Anjos

Segundo uma antiga lenda judaica, desde antes da criação do mundo, todas as almas estavam guardadas sob o trono do Criador. Quando chegou o momento da concepção, Deus designou um anjo para acompanhar cada alma até à mãe, cujo útero estava preparando um corpo físico. Num período de nove meses, o anjo receberia a criança e começaria a lhe ensinar gradualmente todos os mistérios da vida, até retornar ao lar do Criador. No exacto momento do nascimento, o anjo recomendado para a protecção se mostra visivelmente para a criança e a toca com uma de suas asas, fazendo-a esquecer o que viu, ouviu e aprendeu no ventre da mãe. Assim, começou uma segunda etapa na vida desse novo ser, que retoma a sabedoria que o ser celestial lhe deixou e segue a sua estrada, errando e acertando, mas aprendendo sempre. Quando chega o momento da sua saída do corpo físico, o anjo o acompanha para guiá-lo nessa nova viagem. E para cumprir essa missão, o Criador designou setenta e dois anjos (os anjos cabalísticos) e nove príncipe para comandá-los.

Sem comentários:

Enviar um comentário