23/09/2016

O Amor e a Saudade‏


Um dia o amor perguntou para a saudade: 
Por que teimas em entrar nos corações das pessoas? 

E com um suspiro melancólico a saudade respondeu: 
Chego nos corações onde tu deixaste de habitar, e quando entro neles encontro tudo desarrumado, sem vida e sem perspectiva de um futuro feliz. 
Então, começo a arrumar tudo no seu devido lugar. 
Quando tudo está arrumado tu voltas com o teu ar brejeiro e tomas conta novamente do lugar. 

Então, o amor sorrindo, respondeu: 
Faço parte da vida das pessoas. Trago alegria, felicidade e a esperança que todos necessitam para viver. Só saio dos corações das pessoas que não confiam em mim...

Sem comentários:

Enviar um comentário